GORKI, “SERES QUE OUTRORA FORAM HUMANOS”- DA RÚSSIA DE HÁ CEM ANOS ATÉ AOS DIAS DE HOJE por Clara Castilho

A Viagem dos Argonautas

livrolivros225

Ao correr da leitura vamos encontrando personagens que são seres que já não têm aquele mínimo das condições que julgamos indispensáveis para viver, marginais e marginalizados, que tentam enganar o sofrimento com o álcool. São seres com um objectivo comum: a sobrevivência. Apesar de tudo alguma humanidade persiste, alguns laços se estabelecem, alguma moralidade se tenta manter.

gorkij

Na introdução, de G.K.Chesterton, este afirma“Gorki é sobretudo russo porque é um revolucionário […] A maioria dos russos tem aquela atitude mental que torna a revolução possível e que torna a religião possível, uma atitude de afirmação primária e dogmática. Para se ser um revolucionário é necessário ser-se primeiro alguém que aceita a revelação.

[…] Gorki é um vagabundo, um homem do povo e também um crítico, um crítico amargo. No Ocidente, os pobres, quando se tornam eloquentes na literatura, são sempre sentimentalistas e quase sempre optimistas.

[…] Este conto é…

View original post 222 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: