Dia Nacional do Peregrino: Manobra eleitoral ou Estatização do religioso?

Estado e Igreja

Peregrinos

Sexta feira passada,a Assembleia da República aprovou uma resolução recomendando ao Governo que estabeleça o Dia do Peregrino, a 13 de Outubro, porque entre nós «existe uma forte tradição na realização de peregrinações cristãs direccionadas para os mais variados locais de culto, com destaque para aquelas que se decorrem no Santuário de Fátima,» e porque «importa também valorizar o motivo que o levou a fazer essa jornada, determinante para a sua vida, onde muitas vezes se procura o sentido da própria existência, como um percurso interior».  Quase não houve votos contra. Os relatos jornalistísticos, abaixo referenciados, nos quais Estado e Igreja se baseia, são contraditórios entre si  sobre quem apresentou o projeto de resolução (o PP ou o PP/PSD) e relatam o evento de modo sumário.  As abstenções e votos contrários parecem ser ambos do PS, mas ignoramos os seus fundamentos, caso  os tenham publicitados.

Os fundamento da resolução merecem…

View original post 321 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: