“MURAL END FGM”, PELO FIM DA MUTILAÇÃO GENITAL FEMININA – APRESENTAÇÃO DIA 1 DE JULHO, às 16 horas – por Clara Castilho

A Viagem dos Argonautas

No decorrer de um encontro promovido pela APF que juntou peritos, técnicos e membros de comunidades imigrantes, em especial da Guiné-Bissau, país onde, de acordo com dados das Nações Unidas, metade das mulheres foram mutiladas, surgiu a ideia da realização de um “Mural END FGM”. Para o elaborar foram convidados o cabo-verdiano Fidel Évora e a portuguesa Tamara Alves. Esta iniciativa tem o apoio do Parlamento Europeu na erradicação da Mutilação Genital Feminina (MGF) na Europa e no Mundo.

10447050_835358586481920_6557469951899582296_n

A obra de arte urbana – que se estende pela fachada do edifício do Sport Clube Intendente – menciona explicitamente o nome de Aissato Djaló, portuguesa de origem guineense, sobrevivente de MGF e membro do projeto Musqueba, que testemunhou sobre os efeitos da prática durante o encontro.

O mural, que contou com o apoio da Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa, será apresentado publicamente no dia 01 de Julho…

View original post 239 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: